Rosana Ramos de Freitas

Rosana Ramos de Freitas

Psiquiatra

São Paulo

Procurar um psiquiatra ainda em 2018 é uma decisão difícil, ainda há muito estigma envolvido, apesar de estar mais do que comprovado o componente também químico dos transtornos mentais. Com é um transtorno... saiba mais

Consultório particular

Consultório particular

    • Rua Oliveira Dias, 38
    • 01433-030 São Paulo, São Paulo SP
  • Mostrar número

Selecionar a data conveniente e marcar uma consulta!

{0}{1}

Doenças tratadas

Doenças tratadas

  • Transtorno De Pânico
  • Esquizofrenia E Transtornos Com Características Psicóticas
  • Depressão Pós-Parto
  • Transtornos De Estresse Traumático Agudo
  • Transtornos De Estresse Pós-Traumáticos
  • Transtornos Psicóticos
  • Esquizofrenia
  • Bipolaridade
  • Depressão
  • Transtornos afetivo-emocionais
  • Ansiedade
  • mais

Preços para profissionais

  • Tratamento Psiquiatrico Em Hospital Especializado - B Nivel I

    individualmente
  • Segunda opinião em psiquiatria

    individualmente
  • Psicoeducação

    individualmente
  • Tratamento da esquizofrenia e outros transtornos psicóticos

    individualmente
  • Parecer psiquiátrico

    individualmente
  • Acompanhamento psíquico durante a gestação

    individualmente
  • Tratamento da insônia

    individualmente
  • Retorno de consultas Psiquiatria

    individualmente
  • Tratamento para parar de fumar

    individualmente
  • Tratamento de transtorno afetivo bipolar

    individualmente
  • Tratamento da depressão

    individualmente
  • Tratamento Psiquiatrico em Regime de Hospital-Dia

    individualmente
  • Consulta domiciliar Psiquiatria

    individualmente
  • Psiquiatria de adulto e idoso

    individualmente
  • Tratamento para bulimia nervosa

    individualmente
  • Tratamento da ansiedade

    individualmente
  • Emergência Psiquiátrica

    individualmente
  • Primeira consulta Psiquiatria

    individualmente
  • Consulta Psiquiatria

    individualmente
  • mais

Sobre mim

placeholder

Procurar um psiquiatra ainda em 2018 é uma decisão difícil, ainda há muito estigma envolvido, apesar de estar mais do que comprovado o componente também químico dos transtornos mentais.
Com é um transtorno que afeta os pensamentos e comportamentos, o paciente busca primeiro atribuir a eventos de vida que possa ter desencadeado as mudanças observadas, iniciar tratamentos alternativos, até finalmente procurar um psiquiatra. Isso retarda a realização de um diagnóstico e tratamento precoces (essencial para um bom prognóstico). Para família, também é difícil aceitar que a alteração comportamental é devido uma transtorno da mente, muitos ainda pensam ser uma falha moral, ignorando ou com descrédito às queixas do paciente.
Acolher o paciente e sua família (se for necessário) neste momento difícil é de suma importância, empoderá-los com psicoeducação, explicando a hipótese diagnóstica e os passos do tratamento.
Como psiquiatra, meu papel é também entender a individualidade de cada paciente, sua biografia, seu contexto social para promover o um cuidado personalizado.
É possível ter uma vida de qualidade com tratamento adequado, por isso, além do tratamento psiquiátrico, é fundamental fornecer orientações baseadas no que há de mais moderno na ciência sobre melhora de hábitos de vida, tratamentos não medicamentosos associados, incluindo a psicoterapia, que é fundamental.
Os conhecimentos na área evoluíram muito nas últimas décadas e o objetivo é unir a pesquisa médica com a prática clínica, fornecendo assim um tratamento moderno e de qualidade.

Formação

  • Mestre em Psiquiatria, Universidade de São Paulo (USP), 2018

  • Graduação em Medicina, Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, 2005

  • Residência em Psiquiatria, Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP, 2010

Idiomas

  • Inglês

  • Português